Wellington Dias experimenta cerveja piauiense produzida a partir do caju

Produto está sendo produzido com frutas dos agricultores da Cooperativa de Cajucultores do Piauí.

O governador Wellington Dias conheceu, nesta terça-feira (29), a nova cerveja da Ambev, a Berrió, produzida a partir do caju em parceria com agricultores familiares. A cerveja genuinamente piauiense homenageia o b-r-o-bró, época mais quente do ano no Piauí.

O novo produto está sendo produzido com as frutas produzidas por agricultores da Cooperativa de Cajucultores do Piauí (Cocajupi), atendendo pelo menos 400 famílias.

O chefe do executivo estadual ressaltou que a cerveja beneficia e gera renda para os agricultores familiares.

“Esse é mais um produto genuinamente piauiense, além de ser nossa, é fruto de uma parceria que beneficia a agricultura familiar, a partir da produção do caju. São pessoas que já venderam para a Ambev o equivalente a uma safra inteira. Isso faz circular a renda e, além disso, usa o pedúnculo, que somado à castanha, geram uma renda sustentável para muitas famílias. Então, essa é a nova cerveja do Piauí”, disse Dias.

Foto: Governo do PiauíCerveja piauiense beneficiará 400 famílias de agricultores.
Cerveja piauiense beneficiará 400 famílias de agricultores.

De acordo com Jean Jereissatti, presidente da Ambev, a nova cerveja faz parte de uma estratégia da empresa para apoiar a agricultura familiar através da produção regional.

“A Berrió é uma cerveja feita por piauiense e para o piauiense. É uma cerveja que tem uma particularidade especial, a polpa do caju, fruto tão relevante para o Piauí. Esse é um projeto muito importante, que valoriza a cultura local e promove o desenvolvimento da região”, frisou.

Saiba mais sobre:

Divulgue seu negócio e venha fazer sucesso junto com o Rota343. Clique aqui e entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe!