Eleito pela primeira vez, Ancelmo fala sobre a expectativa para seu mandato

Florianense ocupará o cargo de vereador, após ser eleito com 905 votos.

Neste domingo (13), o Rota 343 traz uma entrevista com o vereador eleito com 905 votos, Ancelmo Jorge Soares da Silva, de 43 anos. O florianense, que se elegeu pela primeira vez para o cargo de vereador, explicou sobre como pretende trabalhar e qual sua expectativa para o mandato.

“Eu espero cumprir um compromisso com minha cidade, em especial as pessoas que votaram em mim. Compromisso esse que tenho em legislar, fiscalizar o poder público e representar o povo da melhor forma possível, dentro dos trâmites legais, quando a mim for permitido. Hoje tenho que continuar lutando pelos benefícios da nossa cidade, seja para a zona rural ou para a zona urbana, tendo sempre como meta a palavra compromisso. Os 15 vereadores eleitos precisam mostrar aos florianenses para que vieram e mostrar mudança, fazendo um trabalho voltado para a nossa cidade, para nossa comunidade, para os nossos eleitores. Que todos possam sentir segurança, tranquilidade, e que tenhamos vereadores compromissados com nossa cidade.”

Questionamos ao vereador sobre como ele pretende trabalhar a questão do empreendedorismo e do emprego na cidade. Ancelmo destacou que o país vive em um momento onde os índices de desemprego são altos e, por isso, é necessários buscar soluções para esse ponto. Ele acredita que o empreendedorismo é uma boa saída, assim como incentivos fiscais para empresas.

“Hoje, no município, já existe uma lei que promove os incentivos fiscais, mas as empresas precisam atender os pré-requisitos para serem contempladas. Existe um conselho na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que faz essa avaliação. Como vereador, fazendo essa análise, acho que poderia se estender isso para outras empresas, tornar isso mais público, para que as empresas sejam estimuladas a atender esses pré-requisitos e possam receber esse incentivo fiscal, e também incentivar o empreendedorismo. Ainda falando sobre empreender, a gente tem que criar alternativas para que as pessoas vejam o empreendedorismo como uma saída para viabilizar a sua confiança, não somente para empreender, mas de sobrevida, para que elas possam reconhecer que através do empreendedorismo encontra-se vários resultados, que podem trazer um significado para a vida de cada um.”

Um dos pontos mais questionados pela população de Floriano é a respeito do Mercado Central. Sobre esse assunto, o vereador vê como uma solução a gestão do local por uma empresa público-privada. Além disso, ele destacou que o local precisa passar por uma reforma.

“Quando se fala em Mercado Público, trata-se de um local que precisa ser um local mais atrativo. É importante passar por uma grande reforma e ter um trabalho de educação sanitária constante, com todos os permissionários. Tenho um requerimento a fazer, uma solicitação de reforma e adequações sanitárias para o Mercado Público, e ao mesmo tempo peço requerimento para o Poder Executivo para que o mesmo seja gerenciado pelo serviço público-privado, o PPP. Que essas empresas apresentem um plano, em que elas vão detalhar a cada instante quais as etapas que eles vão executar para a melhoria daquele ambiente, trabalhar os permissionários daquele setor, fomentar as habilidades de cada um, para que lá se torne um ponto comercial forte, seguro, e ao mesmo tempo, quem sabe, um ponto turístico para a nossa cidade. Eu acredito muito nas empresas público-privadas, pois tornam o setor público um setor fortalecido no ponto de vista do empreendedorismo, já que existe mão de obra e habilidades naquele setor, para que a gente possa mostrar mais serviço, com qualidade, em um ambiente agradável e atrativo para a nossa cidade.”

Outro ponto abordado foi a respeito do trabalho na zona rural de Floriano. Segundo Ancelmo, é preciso explorar o potencial que essas áreas da cidade possuem, proporcionando assim o crescimento da região, mas para isso, é necessário que o poder público dê o suporte que os agricultores precisam.

“A gente sabe que hoje existe a lei de incentivo, que é a agricultura familiar, em que se estabelece a compra direta da zona rural, mas a gente precisa ver de que forma isso pode ser potencializado e como dar mais abertura e condições para essas famílias se autossustentarem durante todo o período, e que os produtos sejam destinados não somente para a merenda escolar, mas para toda uma camada que precisa dos seus produtos. Com isso, estariamos viabilizando e fortalecendo essa comunidade rural. O suporte técnico dado a eles precisa ser constante e acho que nós temos praticamente quatro regiões de Floriano que compreende a zona rural, acho que tem que ser feito um estudo, solicitar da secretaria um requerimento e um diagnóstico de regiões que podem ser potencializadas, para que possamos dar esse suporte ténico e fomentando o empreendedorismo nessas regiões rurais, e mostrando a eles quais as condições mais viáveis para cada comunidade na linha de produção, também mostrando quais os recursos e formas que a gente poderia como legislativo proporcional para essa parte de suporte técnico, onde teríamos mais confiabilidade e segurança para que essas pessoas possam sentir segurança nessa linha de produção e também de comercialização na cidade. Temos a lei do SIM (Serviço de Inspeção Municipal), que garante toda essa dinâmica, não somente da compra e fiscalização desses produtos, mas tendo bem estruturado essa comissão que garante o selo do SIM, ao mesmo tempo vamos criar condições para ter o suporte ténico para cada região, potencializando cada espaço da nossa cidade.”

Foto: DivulgaçãoAncelmo

Sobre a área da saúde, o vereador enfatizou que ocupar o cargo de secretário de Saúde é uma grande responsabilidade. Ele citou alguns pontos, e pediu para que a população entenda que muitos serviços existem, mas que precisam ser aperfeiçoados, para que possam chegar às pessoas de forma mais rápida e eficiente. Ele destacou sobre a importância de fortalecer o setor.

“Falar em Saúde, a gente sempre lembra dos postos de saúde. Eu entendo hoje que não podemos fazer uma avaliação com precisão dos serviços oferecidos pelos postos, pois tivemos uma pandemia que desestruturou todo o sistema de saúde. Poucos profissionais foram se aperfeiçoando para poderem lidar com esse vírus, e portanto a gente encontra um serviço fragilizado. A gente sabe que existe um quadro, em que a gente fala de atenção primária, que contempla médicos, enfermeiros, técnicos, dentistas, auxiliares de dentista e agentes de saúde, e é uma grande responsabilidade do município manter essa equipe. Vejo hoje o município com outros especialistas, como na parte dermatológica, ginecológica, enfim, a gente vê essa outra demanda dos especialistas, que gera um grande compromisso para o município em ter esses profissionais. Nós temos também os serviços do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e o CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), em que se fala em serviços que precisam estar interligados na rede. O secretário de Saúde precisa fomentar esses serviços em rede, pois quando fazemos isso, a gente entende onde tem a deficiência. Precisa ser feito uma reavaliação das ações de saúde, e isso precisa ser constante, para que se saiba em que áreas a população está adoecendo, para que se possa ter planejamento e ações voltadas para a melhoria do serviço. Nós [vereadores] temos uma grande responsabilidade em estar cobrando e fiscalizando, e é um dos compromissos do vereador Ancelmo: participar do conselho de saúde, para que a gente possa estar discutindo sobre os serviços que são oferecidos para a população, para que seja de forma mais organizada, tenha mais efetividade em serviços e produtos oferecidos pelo município. Também faremos uma constante avaliação, para identificar os problemas reais e possamos estar readaptando e trabalhando os pontos positivos e negativos. Os positivos melhorando mais ainda e os negativos tentando melhorar a cada dia.”

Ancelmo ainda comentou sobre algumas situações que identificou durante o período de campanha eleitoral. Com base nisso, ele revelou duas situações que pretende apresentar projetos logo no início de seu mandato, buscando atender a demanda identificada.

“Ao longo da minha campanha eleitoral, eu pude identificar várias situações. Uma que me deixa muito intrigado e sensível é em relação a buscar, através da Secretaria de Saúde, buscar um espaço voltado para a mulher, onde nesse espaço teriam serviços como planejamento familiar, ligação de trompas, vasectomia para o homem, tratamento ginecológico com mais resolutividade. Esse centro daria mais confiança para que as mulheres procurassem, durante a semana, um centro de referência para que possam ser atendidas com todos os seus problemas, sejam eles preventivos, curativos ou cirurgicos, para que elas não sofressem tanto a procura de uma solução de algo que existe, mas bem pontuado na saúde pública da mulher. Outro ponto, através de um projeto de lei, criar uma cota junto as novas empresas de Floriano, de pelo menos 30%, para que sejam ofertados um primeiro emprego para pessoas que são recém formadas, ou terminaram o ensino médio, para que eles possam estar voltados ao mercado de trabalho. Hoje, a gente sabe que as empresas buscam muito quem tem experiência, mas uma das propostas seria que as empresas dessem oportunidade aos jovens. Outros projetos serão elaborados após uma avaliação e reavaliação, visando sempre contemplar um maior número de pessoas, tentando atender o coletivo.”

Questionado sobre que tipo de demandas ele pretende atender, Ancelmo revelou sobre a área que mais gosta de atuar.

“Eu gosto muito da área da saúde, me identifico muito com esses serviços, até porque eu sou um profissional da área da saúde, e eu vejo constantemente as pessoas precisando que a saúde fique mais próxima delas, então, não quero mentir, eu vou fazer um trabalho mais voltado para essa área. Porém, eu também quero atender demandas variadas, pois meu compromisso com a população não é voltado somente para uma área, mas para que eu possa atender situações que afetam o coletivo, para que possamos atender o máximo de demandas possível. O vereador ele tem uma bandeira, mas ele não pode esquecer as outras situações que são pertinentes ao seu mandato, que é legislar e fiscalizar para o povo, que eu acho que é o mais importante. Quero ter um compromisso com cada situação que eu achar que é importante, e também que vierem me procurar para resolução, seja para o serviço público, parte empresarial, enfim, trabalhando com compromisso e transparência”.

Finalizando a entrevista, Ancelmo deixa uma mensagem para os eleitores que votaram nele:

“Eu gostaria de falar para os florianenses que nós estamos em luta constante, para que possamos mostrar uma política com transparência, com confiança, compromisso e dedicação a cada um de vocês. Também quero ser um vereador de um mandato participativo, com representação, respeitando cada um de vocês que apostaram em mim. Nós podemos juntos identificar os problemas da cidade e, tendo um vereador que vai preservar, fiscalizar e trabalhar, no sentido de que vai apresentar propostar, requerimentos, resoluções e projetos que possam estar encontrando resolutividade para cada problema que vamos identificar na cidade. O papel do vereador está voltado para isso, para atender o povo, pois um dos papéis principais do vereador é ouvir o povo e levar esse clamor até o Executivo, que é o gestor maior [prefeito]. Nessa sintonia, teremos resultados efetivos, em que a população vai se sentir segura e acolhida pelos representantes no qual eles votaram. Fica meu abraço e meu agradecimento as 905 pessoas que votaram e depositaram a confiança em mim.”

Saiba mais sobre:

Divulgue seu negócio e venha fazer sucesso junto com o Rota343. Clique aqui e entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe!