Transporte coletivo será restrito na capital a partir da próxima semana

Somente trabalhadores de serviços essenciais poderão usar os ônibus.

Nesta sexta-feira (01), o prefeito de Teresina (PI), Firmino Filho (PSDB), anunciou que, a partir da próxima semana, o transporte coletivo na capital está suspenso para a população. Somente trabalhadores de serviços essenciais poderão usar os ônibus.

“A partir da próxima semana, só terão acesso aos ônibus as pessoas que precisam trabalhar nos serviços essenciais. Esse controle será feito através da liberação de vales-transportes apenas para as empresas que prestam esse serviço. Em breve, a Strans dará mais informações”, afirmou por meio de rede social.

A medida foi tomada como uma das ações para combater a propagação do novo coronavírus. Segundo o prefeito, a decisão aconteceu depois que uma pesquisa foi divulgada, relevando que os principais pontos de contaminação do vírus são ônibus, estações e corredores de passageiros.

Outro fator que teve peso na decisão foi o isolamento social, que diminuiu significativamente na Capital. Enquanto a taxa ideal do isolamento é de, no mínimo, 70%, nesta semana esse percentual ficou apenas em 43% em Teresina.

Foto: Lorena Linhares/G1 PITerminal de integração do sistema de transporte público de Teresina.
Terminal de integração do sistema de transporte público de Teresina.

Isolamento social no Piauí

Na última quinta-feira (30), o governador do Piauí, Wellington Dias, emitiu um novo decreto, prorrogando o isolamento social em todo o estado até o dia 21 de maio.

Com a medida, somente serviços essenciais poderão funcionar no estado, obrigando os demais estabelecimentos a permanecerem fechados. A restrição no comércio está em vigor desde 23 de março.

Divulgue seu negócio e venha fazer sucesso junto com o Rota343. Clique aqui e entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe!