Reino Unido inicia vacinação contra Covid-19; idosa de 90 anos recebe 1ª dose

Vacina utilizada pelos ingleses é a Pfizer-BioNTech Covid-19, que já foi totalmente testada.

Nesta terça-feira (08), um feito que ficará na história foi iniciado: a vacinação contra a Covid-19. O primeiro país a começar a campanha de vacinação contra o vírus foi o Reino Unido. A vacina utilizada pelos ingleses é a Pfizer-BioNTech Covid-19, que já foi clinicamente autorizada e totalmente testada.

A primeira pessoa a receber a vacina foi Margaret Keenan, uma ex-assistente de joalheria, de 90 anos. Ao New York Times, ela comemorou a vacina.

“Eu me sinto muito privilegiada por ser a primeira pessoa vacinada contra a Covid-19”, disse Keenan. “Isso significa que posso finalmente esperar passar um tempo com minha família e amigos no ano novo, depois de ficar sozinha na maior parte do ano.”

A segunda dose da vacina contra o coronavírus será aplicada após 21 dias.

Foto: Jacob KingMargaret Keenan se tornou a primeira paciente na Grã-Bretanha a receber a vacina.
Margaret Keenan se tornou a primeira paciente na Grã-Bretanha a receber a vacina.

Inicialmente, as vacinas serão administradas por 50 hospitais britânicos. As primeiras pessoas que receberão as vacinas serão os médicos e enfermeiras, algumas pessoas acima de 80 anos e funcionários de casas de repouso. Na próxima semana, idosos que moram em asilos irão ser vacinados também, sendo considerados uma prioridade do governo.

“É incrível ver a vacina, mas não podemos nos dar ao luxo de relaxar agora”, disse o primeiro-ministro Boris Johnson, da Grã-Bretanha, na manhã de terça-feira, ao visitar um hospital em Londres.

A imunização de pessoas com mais de 50 anos e adultos com alguma comorbidade deve acontecer somente em 2021. Apesar de estarem no grupo prioritário, a imprensa britânica destacou que a rainha Elizabet II, de 94 anos, e o príncipe Phillip, de 100, não irão “furar a fila” para tomar o a vacina.

No total, 20 milhões de pessoas serão imunizadas no país, que fez a compra de 40 milhões de doses da Pfizer/BioNTech (duas doses para cada pessoa).

Eficácia da vacina

Produzida pela farmacêutica norte-americana Pfizer e pela empresa alemã de biotecnologia BioNTech, a vacina usada na Inglaterra é uma das quatro que está em testes no Brasil.

Segundo estudos da terceira fase dos testes imunizantes, sua eficácia é de 95% e nenhum dos voluntários apresentou efeitos colaterais graves.

Veja no vídeo abaixo como "funciona" a vacina no organismo das pessoas:

Saiba mais sobre:

Divulgue seu negócio e venha fazer sucesso junto com o Rota343. Clique aqui e entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe!