Primeiro dia de Enem tem mais de 50% de faltas

Prova aconteceu em meio ao aumento de casos de Covid-19.

Neste domingo (17), aconteceu o primeiro dia de prova do Enem 2020 (Exame Nacional do Ensino Médio). Em meio à pandemia de Covid-19, o número de faltas bateu um recorde histórico, tendo 51,5%. As informações são do G1.

A prova, referente ao ano de 2020, está sendo aplicada somente agora por causa dos muitos casos de coronavírus. Originalmente, a prova deveria ter acontecido no mês de novembro.

Apesar do alto número de abstenções, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, considerou a realização da pova um sucesso.

"No meio de uma crise, mobilizar milhões de pessoas, para mim foi um sucesso", declarou o ministro. "Eventualmente, se nós disséssemos que não teria Enem neste ano, para mim, seria um insucesso, uma derrota da educação brasileira", completou.

No primeiro dia de prova, os candidatos responderam questões sobre linguagens, ciências humanas, além da redação, que tinha como tema 'O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira'.

O segundo dia de prova será no próximo domingo (24), com questões sobre matemática e ciências da natureza.

Saiba mais sobre:

Divulgue seu negócio e venha fazer sucesso junto com o Rota343. Clique aqui e entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe!