Prefeitura de Picos faz recadastramento de trabalhadores do setor cultural

Objetivo é criar políticas e projetos voltados para a classe artística.

A Secretaria Municipal de Cultura de Picos (PI) inicia hoje (22), o recadastramento de artistas de todos os setores e trabalhadores da cultura, sejam técnicos, operadores, montadores e afins, para formação do Sistema de Informações e Indicadores Culturais de Picos, o qual norteará, em âmbito municipal, políticas e projetos voltados para a classe artística.

“É importante ressaltar que foi realizado um Cadastramento no exercício da gestão anterior, e agora esse cadastro está sendo atualizado, reformulado e ampliado de modo a identificar os efetivos fazedores de cultura em Picos e o respectivo perfil socioeconômico destes de modo a nortear as ações do Poder Público na proporção das demandas de cada setor”, explica Marcelo Nordeste, Secretário de Cultura de Picos.

A partir dessas informações, a Secretaria Municipal de Cultura pretende compor um sistema próprio de comunicação oficial, identificação de perfis de artistas e setores que podem ser beneficiados com projetos em execução ou que vierem a ser executados pelo Poder Público, além de possibilitar a reativação do Conselho Municipal de Políticas Culturais, do Plano Municipal de Cultura e demais atividades coordenadas entre os Entes Federativos.

Explica-se que o preenchimento do formulário em questão não obriga à Administração Pública o pagamento de qualquer auxílio, salário ou rendimento de qualquer tipo aos seus inscritos, seja em nível municipal ou estadual, servindo apenas para constituição e formação do Sistema Municipal de Indicadores e Informações Culturais de Picos. O referido formulário servirá de norte na execução de políticas públicas e projetos para o setor, geralmente em formato de Editais, aos quais os inscritos neste Mapeamento Cultural devem estar atentos para realizarem a inscrição nos critérios que forem estabelecidos.

O referido cadastro não se relaciona com o pacote de medidas emergenciais, lançado pelo Governo Estadual que prevê a destinação de recursos para bares, restaurantes e setor de eventos, o qual ainda não teve divulgada a forma como esse repasse será efetuado e nem definido se a competência será descentralizada para os municípios ou se o próprio Estado o fará de maneira direta.

O recadastramento pode ser feito pela via digital, online, por meio do link disponibilizado abaixo, sendo necessário uma conta no gmail (serviço de e-mail no google), que pode ser criada e mantinha sem nenhum custo, em razão da Pandemia do Corona-vírus, devendo ser anexados documentos de maneira legível, com todos os dados visíveis e de preferência em formato de PDF, e os demais vídeos e imagens, preferencialmente com datas e comprovação de atividades culturais efetuadas nos últimos anos.

Também pode ser feito na Sede da Secretaria Municipal de Cultura, situada na Praça Josino Ferreira, nº 396, Centro, para os artistas e trabalhadores culturais que não possuírem recursos técnicos ou conhecimento necessário para fazê-lo sem nenhuma assistência. Dessa forma, o interessado deve se dirigir à Secretaria, munido dos documentos pessoais (RG; CPF; Comprovante de Residência; Título de Eleitor) e comprovações de sua atuação cultural nos últimos anos, de preferência digitalizados em pen drive.

“Tal ação é muito importante no âmbito da política cultural de Picos. Conhecer nossos artistas, onde se situam no nosso município, qual sua situação social e financeira, e como estão sendo afetados pela Pandemia do Corona-Vírus ressalta a nossa necessidade de efetivar e de cobrar políticas públicas junto aos órgãos federais e estaduais para a classe que vem sendo uma das mais afetadas durante todo esse período e já se encontra a quase um ano sem poder exercer suas funções”, pontua Marcelo Nordeste, secretário de cultura local.

Para realizar o cadastro, clique aqui.

Divulgue seu negócio e venha fazer sucesso junto com o Rota343. Clique aqui e entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe!