Prefeitura autoriza retorno de cultos religiosos, mas prorroga isolamento social

Demais atividades permanecem suspensas até o dia 7 de junho.

Um novo decreto emitido pela Prefeitura Municipal de Floriano (PI) nesta quinta-feira (21) autorizou o retorno das atividades religiosas na cidade. Porém, será obrigatório o cumprimento do protocolo sanitário criado pela Secretaria Municipal de Saúde. O decreto também prorroga o isolamento social e suspensão de outras atividades até 7 de junho.

Para que fosse possível o retorno de cultos religiosos, a Secretaria Municipal de Saúde criou um protocolo, com algumas regras que deverão ser seguidas. Confira abaixo o que precisará ser cumprido por essas instituições:

1) As celebrações poderão ser realizadas obecendo ao limite máximo de 30% da capacidade normal de cada igreja ou templo. Assim, deve-se controlar o fluxo de entrada de pessoas, e se formarem filas, deve ser respeitado o distanciamento social (distânia mínima de 1,5 metro entre cada duas pessoas);

2) Os voluntários e/ou funcionários que forem realizar controle do fluxo de pessoas devem utilizar máscaras;

3) Recomenda-se a celebração de missas e cultos com horários pré-estabelecidos para grupos a fim de evitar aglomerações;

4) Realizar a higienização completa do local, antes e após cada utilização;

5) Respeitar o limite de lotação de uma pessoa a cada 10 metros quadrados em salões de de uso público, mantendo ainda distanciamento mínimo de 1,5 metro entre cada duas pessoas;

6) Manter local com oferta permanente de produtos para higienização das mãos, com água e sabão e, se possível, álcool 70%;

7) Deve-se orientar que os fiéis que apresentarem sintomas gripais devem permanecer em isolamento domiciliar;

8) Manter o lugar totalmente arejado, com todas as janelas e portas abertas (evitar a utilização do ar-condicionado);

9) Fixar cartazes informativos e educativos para prevenção da disseminação do novo coronavírus em lugares facilmente visíveis ao público;

10) O horário máximo de funcionamento será das 6h às 19h30;

11) Os padres e pastores devem orientar os fiéis pertencentes aos grupos de risco a ficarem em casa, em isolamento social, e informá-los que não será permitida a presença dessas pessoas;

12) Somente deve ser permitido o ingresso de crianças acima de 12 anos.

13) Deve-se orientar os fiéis a utilizarem máscara;

14) Os bebedouros devem permanecer lacrados. Orientar os fiéis a levarem sua garrafa de uso individual;

15) Antes e depois da distribuição da Eucaristia, os presbiteros, diáconos e ministros devem higienizar as mãos com álcool em geral ou álcool 70º;

16) Antes, durante e depois das celebrações, sejam evitados apertos de mãos, abraços, a oração do Pai Nosso de mãos dadas e outras formas de contato físico;

17) Onde for possível, mantenha-se a transmissão das celebrações pelas redes sociais disponíveis.

Para conferir o decreto na íntegra, clique aqui.

Divulgue seu negócio e venha fazer sucesso junto com o Rota343. Clique aqui e entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe!