População protesta em frente a delegacia após mulher ser assassinada a facadas

Suspeito do crime é o companheiro da vítima, que também tentou matar a filha de 4 anos.

Uma manifestação foi realizada em frente a Delegacia Regional de Polícia Civil de Bom Jesus (PI), nesta quarta-feira (09). Familiares e amigos de Miriam Silva de Santana, morta a facadas na frente da filha de apenas quatro anos, pediram justiça.

O ato, que envolveu pessoas em motos, carros e a pé, teve cartazes e mulheres gritavam “Parem de nos matar”. Segundo a Polícia Militar da cidade, a manifestação foi pacífica, não sendo necessário nenhum tipo de intervenção por parte dos policiais.

O crime

Miriam Silva de Santana foi morta na tarde da última terça-feira (08), com golpes de faca na região do pescoço. O crime aconteceu na frente da filha de quatro anos. O principal suspeito é o companheiro da vítima, que foi preso em flagrante. Além de assassinar a mulher, ele tentou matar a criança também.

“Ela foi encontrada morta na sala da residência, onde estava duas crianças, um menino e uma menina, que são filhos de Miriam. A garota presenciou o crime. O menino correu para a casa do vizinho”, contou o soldado Ary Moura, da Polícia Militar, ao G1.

Divulgue seu negócio e venha fazer sucesso junto com o Rota343. Clique aqui e entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe!