Polícia prende suspeito de sete homicídios, que fingia ser pastor

Além do falso pastor, dois foragidos do sistema prisional também foram recapturados.

Um jovem de 25 anos foi preso nesta quarta-feira (15), em Teresina (PI). Acusado de cometer sete homicídios, ele se passava por pastor de uma igreja evangélica.

"Ele é conhecido como Pepeu do Grau. Estava atuando como um falso pastor evangélico, temos inclusive vídeo dele pregando (acima). Ele estava sendo monitorado há algum tempo e fizemos a prisão", afirmou o major Audivan Nunes, coordenador da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI).

A prisão aconteceu no bairro Parque Jurema, na Zona Sudeste da capital. Segundo o major, o criminoso divulgava os crimes na internet. "Ele publicava texto dizendo 'mais um' em rede social", contou o coordenador.

Foragidos presos

Além do falso pastor, dois homens que haviam fugido da prisão também foram presos.

Um deles, preso no bairro Morada Nova, fugiu da Penitenciária Professor José Ribamar Leite, onde cumpria pena por assalto.

O outro detido é um rapaz de 28 anos. Ele fugiu da Penitenciária Regional de Esperantina, onde cumpria pena por homicídio. Ele havia sido condenado há 23 anos de prisão. Os policiais recapturaram o criminoso no bairro São Joaquim, na Zona Norte de Teresina.

Os três presos foram encaminhados para a Central de Flagrantes, onde foram realizados os procedimentos legais e devem ficar à disposição da Justiça no sistema penitenciário do estado.

Saiba mais sobre:

Divulgue seu negócio e venha fazer sucesso junto com o Rota343. Clique aqui e entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe!