Polícia de Floriano cumpre mandado de prisão contra integrante do PCC

Suspeito é acusado de coordenar as ações da facção na região de Floriano.

Na manhã desta sexta-feira (16), as polícias Civil e Miltar cumpriram um mandado de prisão contra um homem conhecido como Lapinha, que seria responsável por comandar a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) na região de Floriano (PI).

Com o suspeito, os policiais apreenderam uma arma de fogo, cinco celulares e dois relógios. O delegado Bruno Ursulino concedeu uma entrevista ao Portal JC24h, detalhando sobre a prisão. Em sua fala, o delegado parabenizou os investigadores, que conseguiram localizar o homem, e explicou mais sobre a ação:

“A operação de hoje ela foi em cumprimento de um mandado de prisão preventiva e busca e apreensão, que foi expedido pelo juiz da comarca de Teresina, da Central de Inquéritos. Ele faz parte de uma operação para tentar desarticular a facção PCC no Piauí. Na cidade de Floriano, a gente já vinha acompanhando o Lapinha, que atuava na região do bairro Catumbi e Pau Ferrado, e dali coordenava uma série de ações que irradiava para o resto da cidade, principalmente voltadas para o tráfico de drogas e assaltos.”

Foto: Polícia Civil/DivulgaçãoArma e celulares foram apreendidos com suspeito.
Arma e celulares foram apreendidos com suspeito.

Além disso, o delegado explicou que o suspeito também era responsável por receptações de objetos e motos furtadas e roubadas na cidade. Em diligências anteriores, os policiais já haviam localizado motocicletas receptadas por ele e escondidas em casas abandonadas da região.

Bruno Ursulino revelou que a operação também está sendo realizada em outras cidades, também com o objetivo de prender integrantes do PCC.

A ação que resultou na prisão de Lapinha visa desarticular as atividades da facção em todo o estado do Piauí. Segundo o delegado, o homem preso em Floriano tinha o papel de disciplinador dentro da organização.

“A gente sabe que ela [facção] é uma realidade, existem outras também que são uma realidade. Infelizmente a gente sabe que elas estão irradiando para o interior, mas isso não é uma coisa só do Piauí, é do Brasil inteiro. A gente sabe que existe uma guerra interna entre as facções, e muitas vezes essas guerras acabam vitimando pessoas que não tem nada haver com isso. Nas últimas duas semanas, já foram retiradas de circulação em Floriano seis armas de fogo.”

Agora, o suspeito será ouvido pela Polícia Civil e, posteriormente, encaminhado para a Penitenciária de Vereda Grande.

Divulgue seu negócio e venha fazer sucesso junto com o Rota343. Clique aqui e entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe!