Piauí terá Lei Seca para conter aumento das mortes por coronavírus

A decisão foi comunicada nesta segunda-feira (19), devido a alta na média móvel de mortes.

Para conter o avanço da Covid-19, o governador Wellington Dias anunciou que o Piauí terá implantação da Lei Seca nos próximos finais de semana. A decisão foi comunicada nesta segunda-feira (19), devido a alta na média móvel de mortes por conta do novo coronavírus.

"Vamos trabalhar com as polícias federal, estadual, municipal para impedir que sexta, sábado e domingo o uso de bebidas. Além disso, coibir essas concentrações que estão ocorrendo muita transmissibilidade", declarou o governador piauiense.

Na ocasião, Wellington Dias aproveitou para falar sobre a ampliação do Programa Busca Ativa, que realiza visitas nas casas para identificar pessoas infectadas pela Covid-19 e auxiliar a respeito do tratamento necessário.

De acordo com o Comitê de Operações Especiais (COE), a possível causa do aumento de casos e óbitos por Covid-19 no Piauí podem ser as aglomerações em campanhas políticias, além do descuido da população quanto às medidas de segurança sanitária.

"A equipe de Parnaíba relatou que já localizou cerca de 1.500 pessoas nessa situação e o Busca Ativa salvou essas vidas. Isso é fundamental em todas as regiões do Piauí. Por fim, o COE adotou medidas que permite o Tribunal Regional Eleitoral tratar as eleições com maior segurança com os partidos/candidatos, com a suspensão, mesmo que temporária, de comícios, caminhadas, para coibir aglomerações", declarou Dias.

Divulgue seu negócio e venha fazer sucesso junto com o Rota343. Clique aqui e entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe!