Para concorrer eleições, Kamar entrega cargo e presta contas do Corisabbá

Ex-presidente será candidato ao cargo de vereador e diz que motivação para isso é o clube.

No último dia 2 de abril, o Corisabbá sofreu uma mudança em sua diretoria. Anderson Kamar, até então presidente do clube, deixou seu cargo para concorrer às eleições municipais de Floriano (PI). Agora, o time florianense está sendo gerido por Lauro Cronemberger.

Foto: Jade Araújo/Portal AZAnderson Kamar
Anderson Kamar

Em entrevista ao Rota 343, Anderson contou que pegou o clube com algumas dívidas junto à Receita Federal e a Federação de Futebol do Piauí (FFP), além de quatro ações trabalhistas da gestão anterior. Antes de deixar o cargo, Kamar conseguiu pagar os valores referentes à Receita Federal e a Federação.

Segundo Kamar, apesar da evolução do clube nos últimos tempos, ainda são necessárias melhorias tanto na parte financeira quanto estrutural do clube. Para isso, um dos projetos que deve ser lançado futuramente é o Programa Sócio Torcedor.

Por ser o único clube da cidade, no futebol, o Corisabbá é quem representa o município e, por isso, Kamar acredita que seja importante que haja melhorias no clube e também apoio do poder público.

 “O Corisabbá, além de representar Floriano, representa o Piauí. Nos últimos tempos, demos muitas oportunidades para os jovens da base. O Corisabbá hoje tem um time profissional, nós estamos trabalhando muito pra levantar a imagem do clube dentro e fora da nossa cidade, e graças a Deus temos conseguido fazer esse trabalho. Ano passado conseguimos colocar o time profissional em campo, coisa que fazia tempo que não acontecia, e inclusive conseguimos chamar a atenção da imprensa em rede nacional.”

Questionado sobre os motivos de ter decidido entrar para a política e concorrer ao cargo de vereador, Kamar contou que sua motivação foi justamente o Corisabbá. Segundo ele, um cargo na Câmara dos Vereadores poderá ser usado para ajudar o clube, que não recebe grande apoio financeiro do poder público.

O ex-presidente conta que quer se tornar vereador por outros motivos, além do esporte. A preocupação com pessoas em vulnerabilidade social também foi um dos motivos que fizeram com que ele decidisse se candidatar.

“Na política hoje, eu vejo uma oportunidade para o Corisabbá. Floriano, hoje, cada vereador tem direito, anualmente, de uma emenda de R$ 100 mil reais. Se eu me agraciasse com essa oportunidade, essa emenda vai ter um repasse para o clube e outra parte será para fazer um trabalho social. Quero ajudar pessoas carentes, destinar recursos para estarmos fornecendo cursos, para que as pessoas tenham oportunidade de fazer um curso superior, uma especialização, enfim, cursos que deem oportunidades para as pessoas.”

Anderson Kamar divulgar a prestação de contas do clube antes de entregar o cargo. Para conferi-la, clique nos links abaixo.

- Balancete Contábil

- Balanço Patrimonial

Divulgue seu negócio e venha fazer sucesso junto com o Rota343. Clique aqui e entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe!