Obras de macrodrenagem são retomadas em Oeiras

Macrodrenagem irá beneficiar quase 37 mil pessoas e visa também melhoria das condições sanitária.

O Governo do Estado, por meio do Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi), retomou as obras do sistema de macrodrenagem na cidade de Oeiras. Este é um empreendimento considerado de grande alcance social, pois vai minimizar os problemas das inundações urbanas provocadas pelas concentrações das águas das fortes chuvas, além de combater a erosão e o assoreamento.

Uma antiga necessidade da região, a macrodrenagem irá beneficiar quase 37 mil pessoas e visa também a melhoria das condições sanitárias dos riachos do Mocha e da Pouca Vergonha, que cortam a zona urbana de Oeiras, e aumentar a vazão natural ao açude Serra Pelada (açude Canela) e, em consequência, sua vazão regularizada (perenização).

A obra, que está mais de 70% concluída, também vai permitir o aproveitamento dos terrenos para a agricultura ou a construção de residências.

“Esta é uma importante obra para a população oeirense. Será feita uma galeria que evitará erosões e inundações na cidade, preservando assim o Centro Histórico, principalmente, na época de chuvas e aumentará a capacidade de reserva de água no município”, afirmou o diretor geral do Idepi, Leonardo Sobral. O gestor destacou que a prioridade é dar prosseguimento a obras que já foram iniciadas e estavam paralisadas. “Quando iniciamos essa nova gestão, o governador nos pediu para darmos prosseguimento às grandes obras, essas são custeadas por convênios federais, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional e agora com o Finisa”, finaliza.

Divulgue seu negócio e venha fazer sucesso junto com o Rota343. Clique aqui e entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe!