Merlong Solano pede explicações da Anvisa sobre vacina da Covid-19

Deputado lamenta postura do Governo Federal quanto ao aumento do número de contaminações.

Chamar a Anvisa para explicar ao Congresso Nacional os procedimentos em relação à CoronaVac e a qualquer outra vacina que venha a ser registrada no Brasil. Essa foi a defesa feita pelo deputado federal Merlong Solano (PT/PI) em sessão da Câmara dos Deputados nesta segunda-feira (07).

O parlamentar afirma que, até agora, a Anvisa não explicou as razões que levaram à suspensão dos testes que estavam sendo feitos pelo Instituto Butantan e que o Congresso Nacional não pode ficar omisso.

Merlong afirma que, ao tempo em que mundo vê com preocupação a segunda onda da Covid-19, há esperança com as campanhas de vacinação já iniciadas em alguns países.

Merlong sugeriu ainda chamar o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para explicar o Plano Nacional de Vacinação contra a Covid-19. “O Brasil precisa realizar a maior campanha de vacinação da sua história, reunindo governo federal, governos estaduais, municípios e toda a sociedade”, destacou.

Negacionismo

Merlong Solano lamentou a postura do governo federal, enquanto o Brasil vê um aumento na contaminação e no número de mortes, que já passou de 176 mil. 

“Desde o início, o governo Bolsonaro adotou uma postura negacionista, trabalhando contra o uso da máscara, o isolamento e o distanciamento social”, frisou o deputado. Segundo ele, a postura irresponsável continua quando o governo se debruça sobre uma única saída: a vacina da AstraZeneca. 

“O presidente Bolsonaro politiza outras opções, como é o caso da CoronaVac, e coloca pessoas na Anvisa que não têm o preparo técnico que sempre foi característico da agência”, finalizou.

Saiba mais sobre:

Divulgue seu negócio e venha fazer sucesso junto com o Rota343. Clique aqui e entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe!