Lacen tem aumento de 15,5% na realização de testes de Covid-19

Antes eram feitos de 800 a 1.000 testes por dia, a média agora está em 1.155.

O Laboratório Central de Saúde Pública do Piauí (Lacen-PI) apresentou um crescimento na média de exames realizados por dia para a detecção do novo coronavírus. Antes eram feitos de 800 a 1.000 testes por dia, a média agora está em 1.155, um aumento de 15,5 %.

Esse crescimento é um reflexo dos últimos 14 dias. Somente no dia 10 de dezembro, foram realizados 1.548 teste de RT-PCR, que é considerado padrão ouro para a identificação da infecção.

“Estamos recebendo uma maior quantidade de amostras para serem examinadas nesses últimos dias, chegando a serem feitos mais de 1.500 testes em apenas um dia. Isso é reflexo dos investimentos na capacidade instalada no laboratório que no início da pandemia realizava 500 testes por dia”, lembra a diretora-técnica do Lacen, Marcela Queiroz.

Até o dia 15 de dezembro, o Lacen-PI já realizou 116.823 exames. O laboratório funciona 24 horas por dia e os resultados dos exames são liberados em até 48 horas. “Na nossa nota técnica colocamos como prazo 72 horas para a apresentação dos resultados, mas com o funcionamento em 24 horas e o aumento da nossa capacidade, nossa média é de 1,9 dias para a liberação desses exames”, destaca a diretora.

Foto: Governo do PiauíLacen.

O aumento na capacidade operacional instalada do Lacen faz parte do cronograma de investimentos que a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) vem implantando desde o início da pandemia, e que está ajudando o Piauí no enfrentamento à Covid-19.

“Estamos buscando sempre incrementar o nosso laboratório para que tenhamos exames em tempo hábil, foi adquirido um extrator automático, que mais que dobrou a capacidade, além da realização também de exames de quimioluminescência em profissionais da saúde, técnica que possui uma sensibilidade maior e maior especificidade em relação aos demais testes”, enfatiza o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

Esse crescimento no número de amostras que chegam ao laboratório faz ascender um alerta à população, que deve manter as medidas higiênico sanitárias recomendadas pelo profissionais da saúde para evitar a propagação da Covid-19.

“Existem diversas medidas que nós cidadãos podemos seguir para podermos reduzir a transmissão do coronavírus. Devemos manter o distanciamento social, o uso da máscara, lavagem constante das mãos e toda a etiqueta respiratória recomendada, principalmente neste período de festas de fim de ano quando temos tradição de nos reunir com amigos e familiares”, afirma o médico intensivista e representante do COE, Bruno Ribeiro.

Divulgue seu negócio e venha fazer sucesso junto com o Rota343. Clique aqui e entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe!