Incêndio de grande proporção em vegetação quase atinge prédio da Uespi, em Picos

Além disso, outras três cidades também registraram casos de incêndio nesta quinta-feira.

Nesta quinta-feira (01), incêndios de grandes proporções foram registrados em mais três cidades do Piauí. Um deles acontecue nas proximidades na Universidades Estadual do Piauí (Uespi) na cidade de Picos (PI). O fogo foi controlado antes de chegar no campus da instituição.

Para evitar que o prédio da Uespi fosse incendiado, servidores ligaram as mangueiras e um hidrante, evitando o avanço das chamas até que o Corpo de Bombeiros chegou ao local. A Uespi emitiu uma nota sobre o ocorrido (veja abaixo).

Na cidade de Canto do Buriti, os incêndios já ocorrem há 15 dias e se alastram pela reserva legal do Assentamento Santa Clara e pelos povoados ligados a ele. Estima-se que o fogo já atingiu 80% da região. Produtores já relataram terem perdido pastagens, plantações de caju e até criações de abelha. Uma rede de transmissão de energia também já foi atingida.

Outros municípos que registraram incêndios foram Canavieira e Pedro II. O Corpo de Bombeiros segue trabalhando nas duas cidades para tentar apagar o fogo de forma definitiva.

Foto: Reprodução G1Incêndio quase atinge prédio da Uespi, em Picos.
Incêndio quase atinge prédio da Uespi, em Picos.

Confira a nota da Uespi:

A Universidade Estadual do Piauí informa que o incêndio ocorreu na parte externa do prédio da instituição.

Em um primeiro momento, os servidores e segurança ligaram as mangueiras e o hidrante para impedir uma maior propagação do fogo nas dependências do campus. O Corpo de Bombeiro foi chamado e terminaram de apagar e resfriar o local.

Neste momento, as causas do incêndio estão sendo apuradas pela instituição, bem como será feito o levantamento de danos na infraestrutura para reparos futuros.

Divulgue seu negócio e venha fazer sucesso junto com o Rota343. Clique aqui e entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe!