Floriano seguirá decreto estadual e terá toque de recolher a partir de hoje

Casos de coronavírus aumentaram em mais de 50% no município.

O prefeito de Floriano, Joel Rodrigues, se reuniu na manhã desta quarta-feira (24) com o Secretário James Rodrigues (videochamada) e os diretores do Departamento de Vigilância Sanitária, Jussinaldo Duarte, Epidemiologia, Milessia Mousinho e Centro de Referência Gripal, Kivia Resende, para avaliar os últimos dados do boletim epidemiológico do município. 

Os dados apontam que hoje, se comparando os primeiros 23 dias de janeiro com fevereiro, houve um aumento de 54% de novos casos da doença. Até o dia 23, foram contabilizados 553 casos da doença em Floriano. 

Comparando com janeiro, onde foram registrados 560 casos, o mês de fevereiro caminha para superar essa marca. 

De posse desses dados, o prefeito de Floriano, Joel Rodrigues, apoiado pelo vice-prefeito, Antônio Reis e o Secretário de Governo, Bento Viana, decidiu seguir em sua totalidade o decreto estadual que prevê, entre outras decisões a partir dessa quarta-feira (24), toque de recolher a partir das 23h até às 5h da manhã por sete dias. Finalizando esse período no dia 4 de março.

Divulgue seu negócio e venha fazer sucesso junto com o Rota343. Clique aqui e entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe!