Fiscalização é intensificada em estabelecimentos comerciais de Floriano

Fiscais encontraram cliente sem fazer uso de máscara e outras irregularidades.

A fiscalização da Vigilância Sanitária foi intensificada em Floriano (PI) nos últimos dias. Após receber denúncias de descumprimentos das medidas sanitárias e de controle de aglomerações, um cliente foi flagrado sem fazer uso da máscara em um supermercado. O uso do item de proteção é obrigatório desde abril.

Segundo Jussinaldo Duarte, coordenador da Vigilância Sanitária de Floriano, uma fiscalização foi feita nesta segunda-feira (10), após perceberem que os comerciantes têm se descuidado em relação às medidas sanitárias.

“Nós observamos, baseado em denúncias e até mesmo nas nossas inspeções, que houve um certo relaxamento das medidas sanitárias previstas nos decretos que autorizam o funcionamento desses estabelecimentos. O objetivo é fazer uma inspeção mais minuciosa, mais demorada dentro desses estabelecimentos, para conferir o cumprimento de todos os protocolos sanitários por parte dessas empresas”, relatou o coordenador ao G1.

Jussinaldo contou que, durante a fiscalização, um supermercado foi flagrado permitindo que clientes entrassem sem fazer uso da máscara. Em outro estabelecimento, os clientes não tinham pia ou outro modo para fazer a higienização das mãos na entrada do comércio.

“É algo que, nesse momento, nessa altura da pandemia que nós estamos vivendo, não podemos aceitar e temos que coibir de forma mais rígida”, declarou.

Durante a fiscalização, foi realizada a aferição da temperatura dos funcionários e também uma vistoria na higienização dos produtos colocados nas prateleiras. Banheiros e produtos para higienização também foram observados.

No caso de descumprimento, as empresas foram notificadas e multadas. As multas podem variar de R$ 3.500 a R$ 35 mil.

Divulgue seu negócio e venha fazer sucesso junto com o Rota343. Clique aqui e entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe!