Escolas do Piauí se reorganizam para retorno das atividades escolares

Decreto autorizou retorno das aulas para alunos do 3º ano do Ensino Médio, Pré- Enem e estágios.

O Governo do Piauí publicou o decreto nº 19.219, emitido em 21 de setembro de 2020, que aprova o Protocolo Específico Nº 042/2020, com Medidas de Prevenção e Controle da Disseminação do Sars-CoV-2 (Covid-19) para o setor relativo à educação, que estabelece as normas do retorno de aulas presenciais para estudantes do 3º ano do Ensino Médio, Pré-Enem e estágios na área da saúde no estado. A medida vale tanto para a rede pública quanto privada de ensino, mas o decreto não determina a volta imediata das aulas presenciais.

No caso das escolas públicas da rede estadual, cada instituição de ensino deverá apresentar um plano de segurança com as adequações às recomendações da Vigilância Sanitária para garantir o distanciamento entre as pessoas, uso de máscaras, higiene e limpeza dos espaços.

“O cronograma de retorno começa com a preparação das escolas, com uma pesquisa com professores e alunos, com relação aos protocolos sanitários, para evitar a disseminação do novo coronavírus. A partir de 28 de setembro, as escolas começam a receber as equipes de funcionários administrativos. Em seguida, em 5 de outubro, retornam os professores. As equipes devem elaborar um plano pedagógico para o retorno das aulas, seguindo o modelo híbrido que mescla atividades remotas e presenciais e respeitando a lotação e carga horária do professor”, explicou o secretário de Estado da Educação, Ellen Gera.

Foto: Governo do PiauíEscolas se reorganizam para retorno das atividades escolares.
Escolas se reorganizam para retorno das atividades escolares.

As escolas da Rede Estadual de Ensino iniciaram o processo de reorganização para a retomada organizada das aulas presenciais para turmas de 3º ano do Ensino Médio (regular, integrado e VII   etapa da EJA).

O Ceti Rama Boa, em Altos, já recebeu os pais para assinar o termo de retorno dos filhos. No Ceti Solange Viana, em Teresina, todos os alunos aceitaram retornar. Já no Ceti Didácio Silva, no bairro Dirceu, começou na semana passada a reorganização das salas e sinalização do prédio para receber os alunos, a partir do dia 19 de outubro, com toda a segurança necessária.

De acordo com a diretora do Didácio, Maria do Desterro, a escola possui 652 alunos de 1º, 2º e 3º ano do Ensino Médio e um total de 32 professores, sendo que 26 são apenas do 3º ano. Neste primeiro momento, os 171 estudantes do 3º ano deverão escolher pela volta, ou não, das aulas presenciais.

“Antes da pandemia tínhamos salas com 52 alunos e agora serão, em média, 16 por sala. Aqueles que não quiserem vir poderão continuar acompanhando as aulas on-line, pois elas permanecerão sendo transmitidas em tempo real, bem como os professores que não puderem vir por pertencerem a algum grupo de risco poderão ministrar suas aulas de casa”, explicou a diretora.

Maria José Mendes, diretora da Unidade de Ensino e Aprendizagem da Seduc-PI, explicou que para atividades presenciais do modelo híbrido, as escolas devem priorizar revisões, simulados e reforço escolar. Para o retorno, cada unidade terá que apresentar um plano de segurança com as adequações e as recomendações da Vigilância Sanitária.

“A Seduc está promovendo vários encontros virtuais voltados para orientação pedagógica do modelo híbrido de ensino, sempre priorizando a carga horária do professor, a saúde de toda comunidade escolar e o aprendizado dos estudantes”, explicou Maria José.

Divulgue seu negócio e venha fazer sucesso junto com o Rota343. Clique aqui e entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe!