Canto do Buriti é cidade com maior número de focos de incêndio

Fogo já tendo destruído 80% de uma reserva legal do município, que possui cinco mil hectares.

Nesta terça-feira (06), a Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar) divulgou uma lista com as cidades que possuem maior quantia de incêndios nos últimos dias. O município de Canto do Buriti está em primeiro lugar no ranking, com o fogo já tendo destruído 80% de uma reserva legal, que possui cinco mil hectares. 

Segundo a Semar, as outras quatro cidades com maior número de focos de incêndio nos últimos três dias são Pimenteiras, Pajeú do Piauí, Brejo do Piauí e Antônio Almeia. Somente em Canto do Buriti, 42 focos foram registrados.

O ranking montado pela Secretaria tem como objetivo apresentar informações sobre os focos de queimadas, sendo considerado o monitoramento através de satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

No mês de junho foram registrados 148 focos de incêndio, em julho 511, em agosto 919 e em setembro se somaram 2.772 focos.

Foto: Divulgação/SemarGráfico mostra registro de incêndios em cidades do Piauí.
Gráfico mostra registro de incêndios em cidades do Piauí.

Incêndios de grandes proporções

Na última semana, pelo menos sete municípios piauienses tiveram registros de incêndios considerados de grandes proporções. Em Canto do Buriti, plantações de caju, criações de abelhas e pastagens foram perdidas por conta do fogo, além de atingir uma rede de transmissão de energia.

Em Picos, um incêndio quase atingiu a Universidade Estadual do Piauí (Uespi). O fogo só não atingiu o local porque funcionários usaram mangueiras e um hidrante para conter o fogo até a chegada do Corpo de Bombeiros.

Eleições inimigas?

A secretária Sádia Castro fez um alerta para o período de campanhas eleitorais. De acordo com ela, neste período, um dos fatores do aumento dos focos de incêndio são as campanhas eleitorais, que fazem uso exagerado de fogos de artifício.

“Em muitas cidades, o número de incêndios aumenta devido a utilização de fogos de artifício. Neste período de baixa umidade e temperatura alta, as faíscas caem na vegetação seca e um foco de incêndio surge”, comentou ao G1.

Foto: Corpo de Bombeiros/DivulgaçãoIncêndio atinge vegetação em várias cidades do Piauí.
Incêndio atinge vegetação em várias cidades do Piauí.

Divulgue seu negócio e venha fazer sucesso junto com o Rota343. Clique aqui e entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe!