Alunos da Uespi criam perfil sobre as Olimpíadas de História

Projeto de extensão faz parte do Programa Institucional de Bolsas de Extensão Universitária (Pibeu).

Alunos do curso de História da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), campus de São Raimundo Nonato, orientados pela professora Cristiane Marcelo, criaram um perfil na rede social Instagram para divulgar informações sobre a Olimpíada Nacional de História do Brasil. A iniciativa tem o intuito de ampliar o interesse pelo estudo da História a partir da análise e discussão de diferentes fontes e das atividades da ONHB. O projeto de extensão faz parte do Programa Institucional de Bolsas de Extensão Universitária (Pibeu).

A proposta inicial do projeto era promover o diálogo, a troca de experiências entre os graduandos do quinto bloco do curso de História e os alunos da rede municipal de São Raimundo Nonato, mas o contexto da pandemia exigiu uma mudança na abordagem. Com a ajuda da professora Cristiane Marcelo, os alunos decidiram criar a página no Instagram @onhb_uespi_srn, para que pudessem divulgars informações sobre a ONHB, que já está em sua 12 edição, mas ainda é pouco conhecida em cidades do interior do Piauí.

A professora Cristiane Marcelo acredita que, com o alcance de plataformas como o Instagram, a divulgação de conteúdos e de realização de lives torna-se uma excelente estratégia para ampliar o interesse pelo estudo da História e divulgar propostas pedagógicas criativas que podem incentivar os professores do ensino básico a desenvolver projetos que visem o desenvolvimento da formação crítica dos seus alunos. “Nosso objetivo é promover uma troca de experiências a partir da realização de lives com estudantes e profissionais da educação que já participaram da ONHB ou que desenvolvem projetos a partir das questões ou das fontes exploradas pela Olimpíada. Além disso, capacitar e incentivar os alunos do curso de licenciatura plena em História na construção de estratégias metodológicas do ensino de História a partir do banco de questões, planos de aula e tarefas disponíveis no site da ONHB”, explica.

A página conta com a discussão de temas variados como o protagonismo indígena, ressignificação de monumentos públicos, escravidão contemporânea, movimento estudantil, entre outros. Lembrando sempre com base em fontes históricas (documentos, músicas, fotos, mapas, tabelas) exploradas nas edições da ONHB.

Experiência dos alunos 

Ao todo, estão envolvidos na organização três alunos do quinto período do curso de História de São Raimundo Nonato. O estudante Alan Viana fala sobre a forma em que esses temas devem ser abordados e a dificuldade inicial de como passar a mensagem correta. Segundo ele, a atividade do docente não se resume em transmitir conhecimento, e sim transformar informação em formação. “Nos deparamos com algumas dificuldades em publicar esses materiais, não somente a forma de publicação, mas como desenvolver um material ou uma dica de atividade que fosse voltada para o professor ao mesmo tempo voltada para o aluno. Diante dessa preocupação, em como lidar com esses dois públicos, junto com a coordenadora do projeto, idealizamos um cronograma de publicação na página, foram estabelecidos dias na semana para cada membro do projeto publicarem seus materiais desenvolvidos e após essas publicações realizar encontros em lives com alunos que participaram da olimpíada e professores convidados para uma roda de conversa”, conta o estudante do curso de História.

De acordo com a discente Luziane Lima, a iniciativa possibilita uma visão mais ampla sobre a profissão de Historiador e seu ofício. “Através do projeto eu soube da existência de uma olimpíada voltada somente para a História. E colocá-lo em prática vem me ajudando a sempre estar fazendo uma revisão dos assuntos, especialmente dos temas trabalhados nas questões da ONHB. Com isso, estou sempre com os assuntos frescos na memória, o que me auxilia bastante no curso. O projeto vem estimulando a criatividade com a criação de conteúdos para as redes sociais”, finaliza a estudante.

Instagram do projeto já está ativo desde agosto e abrange várias discussões e temas da área de História.

Divulgue seu negócio e venha fazer sucesso junto com o Rota343. Clique aqui e entre em contato conosco!

Gostou? Compartilhe!